Lancei ao vento

 

Lancei ao vento

Português

Olhei-te e não te vi

Procurei-te e não te encontrei,

Na brisa fresca e colorida da Primavera

Revi-te no meu sonho

Sonho perdido no limbo

Onde viajo permanentemente

Sem nunca te encontrar.

Quisera ter asas para te fugir

E nunca em mim te rever

Pois encontrei apenas a mágoa dum poeta sonhador

Apenas lamentações dum amor ausente e inexistente

E nunca encontrei as palavras

Que pudessem ser levadas pelo vento gélido e transparente

E tocassem o teu olhar vago e distante,

Quisera abraçar a tua penumbra num raio de sol

E apenas encontrei a hora da partida.

Partirei novamente,

Onde talvez apenas encontrarei o rasto da tua memória

Adeus amor ausente ou talvez presente para todo o sempre ...

Género: 

Comentários

Venta, mas me encanta o

Venta, mas me encanta o facto
Saber que vivo, o vento quando por mim
Passa, saber ninguém sabe ao certo,
Excepto o vento, me encanta o vento

Que passa suave ou forte, atento atento …

Joel Matos (12/2016)
http://joel-matos.blogspot.com

em mim o vento apenas me

em mim o vento apenas me sente

Top