E afinal de contas...

 

E afinal de contas...

Português

E afinal de contas...

Ela era uma rapariga de cor lilás e que tinha asas de dragão.
Por isso, que se lixe o que o mundo falava de todo o mundo... e que... venha o amar.
Porque já que o amor não a conhece que ela ame no lugar do amor.
Por isso, que se lixe o medo de sentir o futuro pois... afinal de contas o presente não tinha medo dela.
E ela adaptou-se de ser ela.
Somente ela!
Sem medo, sem receio de o ser.
E...
Encontrou paz.

Por isso, treina-te de seres tu. Por ti.

Cláudia Simone Aguiar

Género: 
Top