Aforismo

 

Nocturne: op.1 in F-minor7.

Chopin , és o meu melhor amigo.

Mil perdões a vós, outros poetas.

 

Ver eu dia cinzento e encontrar-me a ouvir

todas as Nocturnas durante o dia.

Género: 
 

Todos os meus poemas são inacabados

Todos os meus poemas são inacabados

tal como tudo humano é inacabado.

Se eu alguma vez acabasse alguma coisa,

então saberia a verdade

e não faria poema algum.

Género: 
 

a mulher que escrevia de noite

a mulher desajeitada escrevia de noite
porque não tinha tempo de escrever de dia.
a mulher de olhos tristes vertia no papel desgraças arranjadinhas

Género: 
 

Conchas

De repente dá vontade de andar entre as conchas e parar na curva. 

Género: 
 

Escadas do Tempo

Larga no tempo o pranto e o desamor

Desata em calma o nó da tua garganta

Sai da tristeza! Ergue-te! Levanta-te!

Lança-te ao novo, em festa e com vigor.

 

Género: 
 

Recomeço

Quem disse que a vida é sempre

Um mesmo caminho à noite?

Uma via de segredos

E outra de chaga em açoite?

 

As coisas comuns que te rodeiam

Género: 
 

Aforismo de Ramalho Ortigão - A vida não é uma festa...

Meme de Ramalho Ortigão - A vida não é uma festa...

Género: 
 

Aforismo de Salústio - Cada um é...

Meme de Salústio - Cada um é...

Género: 
 

Ela

Com um olhar compenetrado

e o pensamento difamado,

sentada na esteira

vive o seu pecado.

Não percebo como é possível

na sua vida existir

Género: 
 

Aforismo de Johann Gottlieb Fichte - A língua de um povo

Meme de Johann Gottlieb Fichte - A língua de um povo...

Género: 
Top