Geral

 

O facto de respirar …

 

O facto de respirar …

Género: 
 

Sou tudo quanto dou e devo …

 

Sou tudo quanto dou e devo

Género: 
 

Send'a própria imagem minha, Continuo'a ser eu ess’outro …

 

Sendo minha própria imagem,
Continuo a ser todavia, eu ess’ outro …

Género: 
 

Goivos

Espero

Todos os dias

Encontrar goivos

No meu jardim

Pintar o muro

De branco

No último dia 

De Inverno

Para lembrar 

Que aí moro

Género: 
 

A minha cama

Abro a minha cama

Sobre as estrelas

 

Uma luz dilui-se

Ao bater do meu coração

Descalço para o adeus

 

Outra idade eleva-se

Género: 
 

Os ossos das flores

Levo os ossos 

Das flores

Submersa

No calor

De uma noite morna

Que leva a promessa

Das pétalas

Que se renderam

Ao vento 

Género: 
 

Sonho

O sonho é um ilha

Que mesmo coberta não se desfaz

 

Pudesse eu desflorar-me na areia

Do teu castelo e aí vencer

Como uma flecha em veneno

 

Género: 
 

Um cisne branco

Veio um cisne branco

Contra a luz

 

Dependurado no bico

Uma memória solta

Fragmentada no parapeito

Dos meus olhos

 

Nas asas o voo

Género: 
 

Antes e o vento

Só o vento que não passa

Para fazer entrar o canto

De um pássaro, tão nómada

Quanto eu, nesta suspeita

De que há sempre uma pedra

Que morre antes de ser casa

Género: 
Top