Surrealista

 

O Amor, o Tempo e o Vento

O Amor decidiu viajar,

sem data para voltar.

Queria simplesmente,

dar tempo ao Tempo,

Type: 
 

Os dois Caminhos

A Razão e a Emoção

viviam em eterno conflito,

Type: 
 

Quando o Amor Adormece

Por que te calas,Amor?

Não ouves mais nenhuma melodia

ao findar o dia?

O que faz teu coração emudecer

Type: 
 

O Sentimento e a Emoção

O Sentimento divagava enquanto

Type: 
 

A Eternidade, o Amor e a Saudade

A Saudade e o Amor

diante da Eternidade

Type: 
 

A LENDA

Reza a lenda que
Nos tempos do longínquo passado
Deus andava pelos mundos,
Deixando seus rastros por todo lado,
E de suas invisíveis pegadas

Type: 
 

CHOVIA

Hoje acordei pensando em ti, e ao abrir a janela 
O dia estava chuvoso, mas quem liga
Rindo atoa, eu peguei o meu casaco
Abri o guarda chuva e fui te encontrar

Type: 
 

SIGNIFICANTES

Ó, vil pedaço de corpo
“de mente” insegura de ser;
qual é o seu mundo autêntico?

Incertezas depressivas,
inconstâncias passíveis

Type: 
 

AO NASCER DO DIA

~~AO NASCER DO DIA

Soltou-se a negra noite do esconderijo,
Lá, onde tantos sonhos se acoitam,
E desce a escuridão em regozijo,
Como negras chibatas, que açoitam.

Type: 
 

Deuses em Fá

Às vezes o mundo gira,

Ou serei só eu num rodopio!!!

O que se dá;também se tira.

E o meu quente é agora frio.. tão frio!

 

Deixo-me ir nas tuas conversas!!!

Type: 
 

Despedida

« AOS VIAJANTES DE CORPO E ALMA »

 

 

Type: 
Top