Erótico

 

Insensato Coração

 

Género: 
 

CUCU, CUCA, MINHA JÓIA ...

Naquela noite em especial ela gostara de o ouvir, gostara e dissera-lho, ao que ele respondeu de modo algo petulante:

- Ainda tu não me ouviste falar durante o dia.

Género: 
 

Seda negra.

 

 

Género: 
 

Virgens

“Virgens”
As virgens já são raras, já nem se usam e até fogem delas,
dizem as vozes, que são inexperiente, que não “prestam “na cama,

Género: 
 

Aqui e agora...

Aqui e agora...

Género: 
 

Hoje o cenário será este

Imagino-nos de pé, a expor a nossa nudez à cidade através da enorme janela da sala.

Género: 
 

Apressa-te

Vem depressa.
Carrega-me nos teus braços e deita-me na nossa cama.
Despe-me. Despe-te.

Género: 
 

Tu queres provocar o caos dentro de mim

Despida avanço em direção ao penhasco e lanço-me no vazio enquanto o ar se desvia para eu passar até pousar no teu colo e juntos entramos no teu santuário onde pregas o pecado.

Género: 
 

Consomes-me.

Tu estás tão longe, que se tentasse ir à tua procura morreria de insucesso.
Mesmo longe, consomes-me.

Género: 
 

Proposta indecente

Encontro dividido por capítulos, cautelosamente adivinhado.

Género: 
 

Quem é este estranho que nada sei mas quero de volta?

Esperei uma eternidade por aquele estranho como quem espera pelo fim de semana e quando finalmente chegou os relógios acordaram para o levarem junto com o tempo.

Género: 
 

Beijos que encerram os copos vazios.

Aqui estamos nós embrulhados no tapete do chão da sala iluminados pela tarde cinzenta que corre lá fora.

Género: 
Top