Error message

The MailChimp PHP library is missing the required GuzzleHttp library. Please check the installation notes in README.txt.

Sónia Catarina

Membro

Fotografia de Sónia Catarina
Offline
Última vez online: há 4 meses 2 semanas atrás
Membro desde: 20/10/2014 - 19:18
Pontos: 34

Género

Data de Nascimento

12.11.1993

País

Estatísticas do membro

  • user: Sónia Catarina
  • Conteúdos: 36
  • Visualizados: 6628
  • Comentários: 12

Conteúdo

 

Memória da dor miudinha

Andei sobre a ponte de vidros quebrados, a cada passo sabia que rasgaria a minha pele, mas nem de longe a dor se igualava à que me feria por dentro. A dor miudinha, mas constante. Sempre ali.

Género: 
 

Falta

Sinto como se me faltasse algo, como se eu não pudesse ver o mundo, embora os meus olhos estejam abertos. As frases no papel amassado que deixas-te por escrever, fazem-me revirar a mente.

Género: 
 

Sensações

Se eu escrevesse as sensações que o vento me proporciona, diria algo como - são as carícias dos seus longos dedos sobre a minha pele. Inconfundíveis no meio do tempo que passou por nós.

Género: 
 

O nosso tempo já foi

O nosso tempo já foi. No teu olhar já vejo que não sou mais a mulher que sonhavas ter. És a areia a escorrer-me por entre os dedos. Não posso e nem sei como te manter aqui.

Género: 
 

Eu sei o que sentes

Eu sei como te sentes quando o vês. Os teus passos instintivamente levam-te até ele. O teu sorriso é o reflexo das palavras que não consegues verbalizar. Perdes a noção do tempo.

Género: 
 

A dor alerta

Abro a cicatriz do peito quase feliz por doer de novo. A dor é um alerta que o corpo nos dá quando algo não está bem.

Género: 
 

Pus a minha existência em risco

Pus a minha existência em risco, quando me apaixonei por ti. Não sabia que corria riscos, como deixar de pensar só em mim.

Género: 
 

Paraíso

Ninguém sabe como é o paraíso. Para mim, são os teus olhos.
Mergulho neles sem respirar, e ainda assim respiro.
Amar não será isto?

Género: 
 

Amar é:

Amar é:
- Reconhecer que o ser amado é humano. Isso significa que, haverá momentos em que as diferenças irão se chocar. E no meio disso tudo ninguém naufraga porque um puxa o outro.

Género: 
 

Ponte de vidro

Andei sobre a ponte de vidros quebrados, a cada passo sabia que rasgaria a minha pele, mas nem de longe a dor se igualava à que me feria por dentro. A dor miudinha, mas constante. Sempre ali.

Género: 
 

Ponte de vidro

Andei sobre a ponte de vidros quebrados, a cada passo sabia que rasgaria a minha pele, mas nem de longe a dor se igualava à que me feria por dentro. A dor miudinha, mas constante. Sempre ali.

Género: 
 

Solidão

A estação de comboio está lotada, os meus olhos procuram-te neste mar de gente. Não consigo encontrar-te, sinto a respiração a sumir, como se tivessem- me arrancado o oxigénio como punição.

Género: 
Subscribe to Conteúdo
Top