Tiagueta Malagueta

Membro

Fotografia de Tiagueta Malagueta
Offline
Última vez online: há 3 anos 7 meses atrás
Membro desde: 17/06/2015 - 20:25
Pontos: 54

Estatísticas do membro

  • user: Tiagueta Malagueta
  • Conteúdos: 27
  • Visualizados: 7497
  • Comentários: 0

Conteúdo

 

Noite

Quando os olhos apago

E entro num mundo vago

És a primeira imagem

Porque me fizeste acreditar

Ser um ponto de viragem

 

A noite é amarga e dolorosa

Género: 
 

Corpo a Corpo

Beijo-te, mais nada permanece

Tudo se torna instável

O tempo passa, anoitece

O momento é sedutor, afável 

O mundo gira ao contrário

Ao soprar do imaginário

Género: 
 

Sobrevivente

Sobrevivi

Ao naufrágio do nosso amor

A perda de ti

Sobrevivi

A ferida, a dor

De ficar sem ti

 

Sobrevivi

Mas vivo na solidão

Género: 
 

Sonhei

Sonhei contigo repetidamente

Noites sem fim

Sonhei que delicadamente

Tocavas em mim

Deixavas-me arrepiado

Só por estar ao teu lado

Género: 
 

Sentimento Mudo

Desculpa se sou tolo

E sem miolo

Desculpa se sou triste

E o meu amor nunca viste

 

Desculpa se não me entrego totalmente

E por vezes pareço indiferente

Género: 
 

Ruiva

Ruiva

O meu coração já uiva

O teu nome ao luar

Já pede a estrela cadente

Para o inspirar

Num discurso saliente

 

Estremeço, fico tenso

Género: 
 

Oportunidades

Tive tantas oportunidades

Para acabar com as saudades

Tantas concedidas

Como perdidas

Tive tantas chances

Para concretizar este romance

Género: 
 

O Dia mais Feliz da minha Vida

O dia mais feliz da minha vida

Foi quando senti o teu corpo delicadamente

Num solene abraço

Todo o que disse-se seria escasso

Por isso deixei todo guardado na mente

Género: 
 

Adeus

Peço-te um abraço

E digo-te adeus

Ate qualquer dia

Estou farto do cansaço

Deste feitio meu

De viver apenas na fantasia

 

Digo-te adeus

Género: 
 

Vi-te na Noite

Vi te na noite

Estrelas brilhavam tanto

Vi te na noite

Não resisti ao teu encanto

 

Vi te na noite

Desfeita de preconceito

Vi te na noite

Género: 
 

O Viajante

Sou viajante

De mundos opostos

Sou amante

De dias contra-postos

Entrei numa viagem

Que parece não ter fim

Vejo-me como uma miragem

Género: 
 

Eu...

Sou triste

E triste gosto de ser

Porque só a tristeza me faz escrever

Estranho é o meu nome do meio

E de loucura estou cheio

Já não tenho a cura

Género: 
Subscribe to Conteúdo
Top