Desilusão

 

O Acendedor e o Candeeiro

 

O Acendedor de corações

acendeu tantos corações,

até que o fogo do seu candeeiro apagou

Género: 
 

ÁGUAS DO PENSAMENTO

Ao mergulhar nas águas do pensamento
Descubro agora, que eu não tenho paz
Não tenho pais e tampouco País
Eu que já me pensei um dia alguém

Género: 
 

ESQUECIDO

Onde estou agora?
Que meus sonhos vão perdidos 
As minhas esperanças jazem mortas
Os amores esquecidos
Não há mais caminhos
Só andrajos e palavras vazias

Género: 
 

Solidão

 

Por que me visitas sempre

na madrugada,

quando me sinto tão só

e abandonada?

Género: 
 

ONDE ANDA O AMOR?

Onde anda o amor, que não encontro
Onde estão os meus filhos, que eu perdi
A mulher, da qual dela nasci
Todos se foram, morreram
Só eu sobrevivi.

Género: 
 

O Renascer das Cinzas

 

 

Consumida pela paixão,

sem um amor

Género: 
 

Sonhos

 

Género: 
 

O Andarilho

 

 

Meu coração se despiu de todo o sentimento

e perambulou sem esperança,

amarrado a um raio de luar.

Género: 
 

Náufragos da Solidão

 

Género: 
 

Mudam as Estações

 

Género: 
 

Folhas Amareladas

 

 

Género: 
 

As duas Portas

 

 

Género: 
Top