Guerreira Xue

Membro

Fotografia de Guerreira Xue
Offline
Última vez online: há 18 horas 45 min atrás
Membro desde: 04/09/2015 - 18:52
Pontos: 122

Género

Data de Nascimento

24 de Agosto de 1960

País

Sobre mim

Sou um pouco de cada coisa, misturada com aquilo que como todo dia, e que vejo e sinto, leio e vivo.Trago algumas tristezas na bagagem, mas também carrego um bocado de esperança bem escondidinha para dias de grandes dificuldades. Sou mais baixa que gostaria, mais burra que queria, e mais velha que pareço...
Sou o que sou e nem poderia deixar de ser.

Biografia

Guerreira Xue é Hilda Milk,
uma escritora das redes sociais desde 2009 e desenvolve seu trabalho em blogs e grupos onde dá destaque a literatura atual, incentivando novos escritores.

https://www.facebook.com/pg/GuerreiraXue
https://plus.google.com/u/0/+guerreiraxue
https://twitter.com/GuerreiraXue
https://www.amazon.com/Guerreira-Xue/e/B01HAB7JVO
www.pensador.com/autor/guerreira_xue

Estatísticas do membro

  • user: Guerreira Xue
  • Conteúdos: 59
  • Visualizados: 3146
  • Comentários: 4

Conteúdo

 

ÁGUAS DO PENSAMENTO

Ao mergulhar nas águas do pensamento
Descubro agora, que eu não tenho paz
Não tenho pais e tampouco País
Eu que já me pensei um dia alguém

Género: 
 

O AMOR

O amor desconhece fronteiras
Encontra caminhos
Cruza paralelas
Atravessa oceanos
E ao chegar no destino
Faz dele seu ninho.

Género: 
 

SE...

SE...

Se...
A corrupção não fosse generalizada
Não haveria fome no mundo
Nem as guerras
Ou crianças abandonadas

Género: 
 

EM NOME DO PAI

Dizer que o amor existe já perdeu o sentido
Pois Deus, que supostamente seria o Pai se compra, por alguns trocados em qualquer igreja

Género: 
 

ESQUECIDO

Onde estou agora?
Que meus sonhos vão perdidos 
As minhas esperanças jazem mortas
Os amores esquecidos
Não há mais caminhos
Só andrajos e palavras vazias

Género: 
 

O TEMPO QUE O TEMPO TEM

Coisa engraçada é isso do tempo
Só ele é dono de si
O tempo não imita ninguém
está por toda parte
Anda sempre no próprio compasso
Empurra com força, a tempestade

Género: 
 

ANDA

Anda
Levante agora deste chão
Olhe para mim
E pegue na minha mão

Não espere pelo não virá

Porque vida é assim
Não procures absolvição

Género: 
 

PROCURA-SE UM AMOR

-Quer que o anúncio tenha mesmo este título?
-Quero sim, faz favor.

Género: 
 

HORIZONTES

Eu venho lá de longe
Passando pelas mesmas estradas
Que todos passam
Não sou nenhum demônio, pecadora
Ou um monge
Só sigo pisando no chão dos ancestrais

Género: 
 

ESSA É A MINHA ALDEIA

A paz que carrego dentro mim é um produto da minha imaginação que venho realizando com relativa facilidade até agora.

Género: 
 

O HOMEM ESTÁ NÚ

-Hoje não vou levantar.
A mulher fez-se de surda, ou ele não disse, só pensou, e ela caladinha foi para o banho, voltou, vestiu-se, tomou seu café, e saiu.

Género: 
 

ERA UMA VEZ UMA FAÍSCA

Sabe quando voce quer dizer qualquer coisa, e a língua trava? O coração quer abrir mas, não sabe por onde. E a boca fica seca, e os olhos marejam como se fossem saltar rios de lágrimas.

Género: 
Subscribe to Conteúdo
Top