David Veiga

Membro

Fotografia de David Veiga
Offline
Última vez online: há 15 horas 16 min atrás
Membro desde: 11/09/2019 - 07:03
Pontos: 19

Género

Data de Nascimento

28 de Novembro de 1965

Cidade

País

Estatísticas do membro

  • user: David Veiga
  • Conteúdos: 9
  • Visualizados: 11773
  • Comentários: 1

Conteúdo

 

ESPERA

Estendemos o tempo e a espera,

A monotonia enrola-se em mim,

E a esperança é fria como a dor.

Percorro indefinidamente,

Uma ilusão,

Um infinito permanente,

Género: 
 

Não há morte tão definitiva como a solidão

Não há morte tão definitiva como a solidão

Género: 
 

O dia

Homens tristes
De coração em cruz
E alma de mineiro
Sempre no escuro
Sempre a procurar a luz.
O dia nunca nasce
A lua nunca se vê
A dor nunca tem cor

Género: 
 

sol e Lua

Ser é amar,
Beijar a noite,
Respirar.
Pôr num risco, a cor
Ser diferente e único,
Ser como toda a gente
Querer amar e sonhar.

Género: 
 

Ambição

Ambiciono ser alguma coisa
Quanto mais não seja
Ser infeliz com ambição.
Não sejamos amadores
Ser infeliz dá trabalho,
Encontrar um amigo,

Género: 
 

Uma Rosa

UMA ROSA
O amor é uma rosa escarlate e brilho mate,
É um nascer do sol em dia de nevoeiro indeciso,
Que nos atira do precipício de um coração que bate,

Género: 
 

Poeta

Ser poeta é ter dor, é ter medo de sorrir,
Ter inveja dos que amam, sentir a alma a fugir.
Pedir o coração emprestado, a voz dos outros para rir,

Género: 
 

Escuridão

Sou metade do que vejo e sinto-me demasiado negro,
Não existe dimensão para a apatia e não querer.
A vida é infiel aos sentimentos, encurta-os, esconde-os e mascara-os,

Género: 
 

A arma da desilusão

Morri no ano de setenta e um
Homem recente de sonhos imprudentes
Em nome da Pátria e da Nação,
Deram-me a ordem, lutar contra a razão!

Género: 
Subscribe to Conteúdo
Top