Céu de Tempestade

 

Céu de Tempestade

Português

Eu não te desejo o mal, 
Eu não sou nenhum ser mau,
Apenas não sou igual,
A distância tem que ser normal.

Eu não vou ficar contigo!
A ilusão é mentirosa,
Cega os olhos 
Com areias de esperança, 
Mas quando vem a onda 
Simplesmente se  desmancha. 

Eu não vou ficar contigo!
Não adianta!
Não tem jeito!
No começo tudo é lindo, 
Mas depois o tempo fecha e fica feio. 

O meu céu é tempestade 
Com trovões que sempre chegam, 
E seria crueldade 
Se você experimentasse. 

Nesse mundo miserável 
Quem comanda é o dinheiro, 
Quando a fome bate à porta
Não tem amor que dê jeito. 

Olha eu já passei por isso
E prefiro estar sozinha, 
E cuidar da minha vida,
Era isso que eu queria. 

Foi tão bom o sentimento, 
Eu não nego as lembranças. 
Então siga em frente 
E seja feliz com outra pessoa 
Pra valer e de verdade ,
Venerar o passado
É a mais pura bobagem. 

Eu não te desejo o mal, 
Eu não sou nenhum ser mau,
Apenas não sou igual,
A distância tem que ser normal.

Eu não vou ficar contigo!
Esse é o meu recado. 
Segue em frente o seu caminho,
Porque o meu já está traçado. 

Nunca a ninguém me maldigas 
Mesmo tão longe desse jeito. 
Não! Não me ame nem um pouco!
Eu só quero o seu respeito. 

Eu não vou ficar contigo!
A ilusão é mentirosa,
Cega os olhos 
Com areias de esperança, 
Mas quando vem a onda 
Simplesmente se  desmancha.

JM Jamila Mafra

Género: 

Comentários

Céu de Tempestade

Este teu poema retrata uma grande verdade, embora alguns não consigam aceitar.

Abraços

Top