Outro Céu

 

Outro Céu

Português

Coração de Areia
na Amazon
https://lnkd.in/ddBsEMT

Esta coletânea de poemas é uma somatória de diversos sentimentos, ora relacionados aos nossos sofrimentos individuais, ora relacionados aos sofrimentos coletivos que nos são impostos. Dentro do contexto coletivo, encontramos também uma crítica à sociedade, à política, ao descaso com o meio ambiente e um apelo à resolução das chagas do nosso mundo. Em um contexto mais individual, a autora fala sobre o amor como objeto, sobre a ingratidão, as ilusões, a perda de confiança, as divisões e cicatrizes que as pessoas provocam umas às outras e suas consequências imediatas e de longo prazo. Se tudo isso coubesse em um único coração, como ele seria? Indissociável como uma rocha ou frágil como areia? Assim como não podemos contar os grãos de areia, também são incontáveis os sentimentos cabidos dentro de um coração como esse.

Outro Céu 

O céu já não é mais azul como antes,
Parece que tudo se vai num instante,
Esmaga o meu peito a imensa saudade
E a dor de não ter meu amor de verdade.
 
Eu ligo a TV que reflete a maldade,
Todo dia ela vem sem dó nem piedade,
Eu queria o passado de volta comigo
Pra viver novamente os dias coloridos.
 
Eu quase não acredito
Que o mundo se perdeu
Parece que estou vendo
O que já aconteceu.
 
O céu já não é mais azul como antes,
Parece que tudo se vai num instante,
E a dor da saudade
Me esmaga por dentro
Só de lembrar que nunca o terei
Nem por um momento.
 
Eu queria o passado de volta comigo
Pra viver novamente os dias coloridos
E ter a chance de olhar
De novo os sorrisos
Daqueles que se foram pra longe
E eu nem sei pra onde.
 
O céu já não é mais azul como antes,
Parece que tudo se vai num instante,
Eu quase não acredito
Que o mundo se perdeu
Parece que estou vendo
O que já aconteceu.

Género: 
Top