csantos

Membro

Fotografia de csantos
Offline
Última vez online: há 4 anos 1 mês atrás
Membro desde: 20/10/2013 - 02:26
Pontos: 33

Género

Data de Nascimento

25-08-71

País

Sobre mim

 

POETICAMENTE APRESENTO-ME ASSIM...

sou alto como uma torre, 
sou magro como uma vara , 
sei amar como uma flor, 
tenho olhos castanhos na cara. 
sou casado e bom rapaz, 
vicios nao se dao comigo, 
gosto de viver em paz 
sou amigo do meu amigo 
ser sincero è uma virtude, 
ser simpatico tambem 
romantico com atitude 
gosto de quem me quer bem 
sou portugues imigrante 
tenho muitas saudades 
de portugal meu pais 
desses cheirinhos 
que me invadem o nariz, 
do clima,das pessoas, 
das praias, do mar, 
ai tantas coisas boas, 
que ja me estou a imaginar...

Biografia

 

Nasci no centro de Portugal
Filho de pais agricultores
Cedo tomei conhecimento da poesia,
Pois li alguns livros existentes na família,
Mas só mais tarde comecei a escrever,
Já na fase da adolescência, em trocas de correspondência, depois mais tarde apaixonadamente para o meu amor
Sendo ela a minha musa inspiradora, a vida deu voltas e há alguns anos já no Luxemburgo recomecei a escrever criei um blog, depois e publiquei o meu livro
E aqui estou eu a continuar a sonhar

o meu livro:carlos-santos-as-consequencias-dum-beijo.

todos os meus poemas, quadras,etc... estao registados na sociedade portuguesa de autores

 

"encontrar-nos-emos nas poesias que escrevemos"!

"Cada vez que a torneira se abre,
saem rios de palavras que tento juntar com um lápis,
para matar a minha sede,
é assim que nasce a minha poesia".

 

Submited by csantos

Estatísticas do membro

  • user: csantos
  • Conteúdos: 9
  • Visualizados: 16204
  • Comentários: 15

Conteúdo

 

A Minha Selva...

A Minha Selva

Eu não sou mais que um animal

Nesta imensa selva,

Onde por vezes o vermelho

É a cor da relva

 

Onde gorilas massacram

Género: 
 

Versos raros do meu Amor, Imperatriz dum sonhador.

 

Deixa a minha boca aclamar os versos

Mais lindos, feitos para ti,

Musa que transporta a poesia a mim,

 

As palavras fogem-me a 100 à hora,

Género: 
 

Já Escrevi...

 

Hoje, debrucei-me sobre os meus escritos

Recordando nos tais ditos

Amigos, tristeza

Amores, rebeldia,

Sonhos, beleza

 

Já escrevi

Género: 
 

Na Escuridão da Noite

 

 

Na escuridão da noite

O poeta inspira-se,

O poeta respira palavras,

O poeta transpira com as letras

O poeta suspira poemas

Género: 
 

Quem Sou Eu...

 

Eu não sei quem sou! Eu... sou quem?... Serei alguém?...

Sou fogo?... Sou brasa?... Serei chama,

Sou a água que te embriaga a sede?... Sou quem?

Género: 
 

...Hesitei...

...Hesitei...
Escrevi-te poemas de amor 
Derrotei a minha timidez 
Enviei-te uma flor
 
No momento do encontro 
Hesitei, fugi de ti 

Género: 
 

As pessoas não entram na nossa vida por acaso...

As pessoas não entram na nossa vida por acaso,
Como também não é por acaso que saem.
Existe uma força maior que é a responsável para que 

Categoria: 
 

Sou Teu Tudo e Não Sou Nada...

Sou Teu Tudo e Não Sou Nada...

Sou o vento a soprar
Sou terra, barco no mar
Nas curvas da tua estrada a navegar

Sou um beija-flor
Que não pára de pousar

Género: 
 

Deixa-me sentir ...

Tua boca tem o sopro doce
Da brisa da manhã,
os teus lábios tem o sabor
carnudo da maçã .

Género: 
Subscribe to Conteúdo
Top