Kams Captain Inglésias

Membro

Fotografia de Kams Captain Inglésias
Offline
Última vez online: há 3 anos 9 meses atrás
Membro desde: 11/02/2016 - 16:11
Pontos: 20

Género

Data de Nascimento

12/07/1990

País

Sobre mim

Como uma pétala que voa no suave vento até a folha que se desprende de uma árvore voando sem nexo, a vida vai passando solenemente por nós e, nós, vamos tentando agarra-la com afinco!

Aquilo que há a dizer sobre mim é que sou uma pequena caixa de pandora, portanto não me julgues antes de me conheceres...
Tenho os meus sonhos, os meus pesadelos, as minhas alegrias e os meus medos, portanto sou um ser humano.
Amo musica, adoro tocar bateria e guitarra.. Escrevo, modéstia a parte muitos gostam do que escrevo e eu partilho-o de forma gratuita..
De resto, estou aqui, sou de carne e osso, portanto nada impede ninguém de se aproximar..
sou espontâneo, as vezes engraçado, teimoso, parvo, simpático, feitio delicado, estranho... mas sou eu.. Descobre-me!

Estatísticas do membro

  • user: Kams Captain Inglésias
  • Conteúdos: 10
  • Visualizados: 4010
  • Comentários: 0

Conteúdo

 

À tua espera...

Espero-te na madrugada, já sei que vens. Vai-me pesando às vezes não ter-te aqui, mas agradeço todos os esforços que fazes. Sei vê-los e, acredito eu, que um dia vai ser diferente, vai ser melhor.

Género: 
 

Querer amar

É isso!

Género: 
 

Sorri

Vale a pena pensar nisto. Valerá sempre a pena pensar em algo que nos construa no dia-a-dia, passo-a-passo.

Género: 
 

As mentiras

Não nos podemos dar assim ao mundo. Enquanto metade pede paz, a outra metade anseia por guerra. Enquanto metade jura dizer a verdade, a outra metade anseia em semear a semente da mentira.

Género: 
 

Vazio

Três da manhã a fumar cigarros de enfiada. 

Género: 
 

Guitarra

Aquele guitarrista é um espectáculo, mesmo admitindo que existem muitos que lhe dão 10 a 0 na guitarrada. Ainda assim, dêem-lhe uma guitarra. 

Género: 
 

A vida

Não cresces enquanto arranjares desculpas pra todas as tuas falhas.

Género: 
 

Não te afastes...

As palavras, o vento levou,
Como sol, uma nuvem tapou.
É deixar crescer e morrer na mão
A ter alternativa de encher o teu coraçao.
Só posso estar, se alguem me deixar

Género: 
 

Começar de novo...

Dá para começar de novo? Mas desta vez, deixa-me só a alma, esquece-me o corpo. Acho que não preciso dele, a alma chega-me.

Género: 
 

Eu e tu

Porque eu e tu somos dois tornados. Porque eu e tu somos duas feras. Porque eu e tu sorrimos, amamos. Porque eu e tu discutimos. Porque eu e tu causamos guerras. Porque eu e tu fazemos amor.

Género: 
Subscribe to Conteúdo
Top