António J. S. Duarte

Membro

Fotografia de António J. S. Duarte
Offline
Última vez online: há 1 ano 11 meses atrás
Membro desde: 11/11/2013 - 00:40
Pontos: 11

Género

Data de Nascimento

21/08/1963

Cidade

País

Sobre mim

 Olá, o meu nome: António José Serra Duarte . Nasci no Tortosendo – Covilhã e fui criado em Seia, Serra da Estrela; onde vivo actualmente. Sou escritor de dom: Desde sempre, na minha vida, adoro escrever e escrevo como teimosia; toda a minha vida batalhei, trabalhando aqui e ali para sustentar o corpo, privando-me das coisas que ocupam os seres humanos, como os prazeres do conforto; porque a minha dedicação à escrita leva-me para a solidão, ao enorme prazer de me sentir liberto das presenças ocupadas.

  Poderia escrever o suficiente para me identificar como um louco; um louco pela própria natureza de o ser; ou, um sonhador que transporta para as páginas e constrói a imagem a partir do sangue, com tinta... Bem, por agora apresso-me, pois que «meus filhos gritam por mim na prateleira» mas, logo que o tempo me disponibilize voltarei com garra para que possais sorver o quanto me dou; isto, se a cabeça da culatra não der trabalho ao precutor. KKKK Abraço.

http://www.osolhosdaserra.blogspot.com.pt 

Biografia

Ainda não preparei os estribos, para me equilibrar na balança dos atinados mas, os conteúdos tratarão de me apresentar.

Peço perdão: Pois que... Mais tardar... Até lá: Talves que ainda me controle o suficiente para falar de mim.  

http://www.aguasdosolhos,blogspot.com.pt

Estatísticas do membro

  • user: António J. S. Duarte
  • Conteúdos: 5
  • Visualizados: 2950
  • Comentários: 3

Conteúdo

 

“Para lá de Mim…”

      

Largarei uma voz que se ilumine

Sobre os contornos da minha Alma;

Para que o tempo, em mim, jamais termine

Género: 
 

“Crédito primeiro”

  

Digo-te pois, ò festa dura de subir

Que buscas e não achas, ainda que dia…

Acordes te ensinem, dessa alegria;

Onde se encontra e não podes ir…

 

Género: 
 

“Ultraje”

 

 

Como podereis vós crer!!?

Se recebeis, dos andrajos, alegrias e glórias;

Honras e sobejos, vozes e memórias…

Género: 
 

És Fado e Vida

 

Ah! ... Esse pousar de palavras

Esse singrar de partilha

Derramando nos olhos:

Vontades e fábulas;

E no coração:

Facto, bendiga…

Género: 
 

"Perto do Céu"

 

Nasci na Serra, filho da Estrela

Do granito; de xisto não tenho nada…

Tendo, nos olhos, a cor, a Mãe mais bela

Nesta minha Alma de silêncios gerada

 

Género: 
Subscribe to Conteúdo
Top