Carlos De Oliveira

Membro

Fotografia de Carlos De Oliveira
Offline
Última vez online: há 4 anos 6 meses atrás
Membro desde: 10/01/2015 - 19:56
Pontos: 48

Estatísticas do membro

  • user: Carlos De Oliveira
  • Conteúdos: 24
  • Visualizados: 6706
  • Comentários: 0

Conteúdo

 

...

Tenho receio,

Desconheço a resistência da teimosia,

Orgulho, caracter, personalidade, do meu ser.

Desconheço mas acredito, confio mas receio.

Género: 
 

...

Sorrio!

Nesta minha insustentável arrogância, cínica. Apetece-me sorrir, só isso.

Há anos, não muitos, chorei. As lagrimas lavaram-me as pestanas,

Género: 
 

...

Resisto-te!

Pairas sobre o meu caminho

Não me atormentas, tão pouco te receio.

Sei o significado, do teu abraço, do teu beijo.

Paz, fim de confusão, alívio. Mas…

Género: 
 

....

Por detrás desta cortina. Olhas-me sem me observar,

Com o teu ternurento olhar. Gosto do que vejo,

Cada dia que passa, mais e mais …

Género: 
 

...

Perdi-me!

Entre a dor e o amor,

A mágoa e o prazer, o pesadelo e o sonho,

A solidão e a multidão vazia …

Perdi-me e perdi. As linhas que tracei, para uma vida.

Género: 
 

.....

Peço desculpa! Desculpa porque te amei, amo e amarei.

O meu amor é intemporal, infinito. Só assim sei amar.

Não amo só com o corpo, não amo só com a alma,

Género: 
 

....

Observo-te!

Suave. Olhar, lábios, sorriso. Assim és tu.

Olhar de ternura suavidade. Sorriso suave da tua pureza de sentir,

No teu lindo rosto,

Género: 
 

...

O sol provoca-me a saudade.

Sinto falta de dar a mão, um abraço, um beijo.

Não sou um fanático nostálgico, mas…

Veio-me ao pensamento esse desejo,

Género: 
 

....

O meu olhar registou, o cérebro memorizou,

A tua beleza é imensa, não sei quantificar.

Dias e noites. Pensamentos, reflexões,

Género: 
 

...

Gota atrás de gota.

Como de sangue se tratasse.

Lá bem alto cai, sobre a minha cabeça tudo se vai.

Enviadas desde o meu tecto.

Género: 
 

...

Gosto de gostar de ti.

Muito? Sim, muito. Quero estar deitado contigo,

Na areia da praia, na relva do rio,

Dá-me a mão. O céu azul ou a noite estrelada,

Género: 
 

...

Fumo dois longos cigarros!

Á espera … Do frio, da chuva,

De arrepios que me fazem sentir vivo. O calor entre lençóis, o sossego,

Género: 
Subscribe to Conteúdo
Top