Graciete Leite

Membro

Fotografia de Graciete Leite
Offline
Última vez online: há 2 dias 1 hora atrás
Membro desde: 10/08/2017 - 15:34
Pontos: 58

Género

Data de Nascimento

06-03-1968

País

Biografia

Autora de "A Árvore e o Pássaro" conto poético, editado em 4 de março de 2018 em todas as lojas da Amazon

Estatísticas do membro

  • user: Graciete Leite
  • Conteúdos: 27
  • Visualizados: 10923
  • Comentários: 4

Conteúdo

 

Observe

"Observe... as águas seguem o seu percurso sem atritos até ao momento de desaguarem no local que lhes foi cedido pela imagem natural de serem guiadas até ao seu leito."

Género: 
 

CANÇÃO DO LILÁS

"Quanta aspiração emana pelo universo

 Esvoaçando sem limites para alcançar

 O mais profundo dos desejos orientadores?"

Género: 
 

Regalo de primavera

" Naquele tempo. quando andava descalça pelos campos verdejantes em plena primavera, isso era o que mais queria, muito entusiasmante, seria um regalo de primavera?...

Género: 
 

O Rouxinol apaixonado

Era engraçado,

E bem espertalhão. 

E muito feliz, como qualquer aprendiz.

E naquele dia aconteceu...

O Rouxinol apaixonou-se!

Género: 
 

É Natal!

O meu sorriso embrulha-se

Em doces lembranças

De tenros anos.

 

Naqueles,

Onde a magia sucedia

Da noite para o dia!

 

Género: 
 

Felicidade

Felicidade,

É sentir-te presente em mim

Sem haver a necessidade 

De que irei receber-te!

 

É amar-te como presente 

Diariamente.

 

Género: 
 

Singularidade

Singularidade,

É esbelta e atenta,

Entre o espaço e o Sol!

Cresce sem declínios

Porém, ccom saudade

De acolhimento sincero.

 

Género: 
 

Sr. Feliz

Sr. Feliz,

Ou, Sra Feliz,

É alguém que é feliz,

É alguém que não procura o externo para ser feliz.

Se você é feliz, fará alguém feliz e será ainda mais feliz,

Género: 
 

O amor

O amor? Sim, o amor.

É aquele que chega e arrebata.

Instala-se e desorienta.

Quebra as barreiras

E ilumina a escuridão

Recheada de névoa

Género: 
 

O Cisne

Era uma vez um Cisne,

Que nadava num imenso lago distante,

Parecia um lago, como outro qualquer. 

Mas, desconhecia 

O seu destino.

Nadava, nadava...

Género: 
 

A flor

Num basto lugar

A flor amanhece

E, num lindo luar,

Ela floresce!

De brilho e cor, resplandecente,

É chegada a hora.

De materializar a certeza

Género: 
 

Lua

Lua vestida de brilho, 

Segreda-me o teu segredo!

Não me tentes novamente

Porque acredito em verdade.

Sei que conjuntos singulares

Te acodem pela esperança 

Género: 
Subscribe to Conteúdo
Top