Júlio Teixeira

Membro

Fotografia de Júlio Teixeira
Offline
Última vez online: há 2 anos 1 mês atrás
Membro desde: 05/02/2016 - 01:42
Pontos: 48

Género

Data de Nascimento

25 de janeiro de 1996

Cidade

País

Sobre mim

Sou um jovem humilde e simpático que vive para escrever...

Estatísticas do membro

  • user: Júlio Teixeira
  • Conteúdos: 23
  • Visualizados: 10415
  • Comentários: 2

Conteúdo

 

Tudo complica

Às vezes, tudo complica,
A vida perde o seu sabor
E de repente tudo fica
Estranho como a morte.

 

Género: 
 

Triste é...

Triste é ser humano e sofrer como selvagem

Triste é saber que estamos nesta vida de passagem

Triste é ver gente a viver de sacanagem.

 

Género: 
 

Sem vida

Já não sei quem eu sou,
Muito menos o que é a vida.
Não entendo a minha existência,
Desconheço a tranquilidade,
Nunca vi a esperança
E nunca toquei a paciência.

Género: 
 

Sangue fresco

Sangue fresco,

Corpo quente,

Uma vida viva.

 

Mente aberta,

Coração agitado

Num organismo trancado

Pela alma encoberta.

 

Género: 
 

Na estrada da vida...

Na estrada da vida,

Onde o trânsito é agitado,

Onde todo o mundo é apressado,

Eu viajo sempre lentamente

Género: 
 

Auto-Retrato

Sou o Júlio Teixeira,

A minha vida é brincadeira

Às vezes é uma guerra

Numa zona sem terra.

 

Sou africano, nasci em Angola,

Benguelense de raiz.

Género: 
 

Algum dia...

Algum dia terminará a dor

 

Algum dia a vida será melhor

 

Género: 
 

Rico pomar

A Educação é um rico pomar

E o professor, a árvore mais linda.

Seus alunos são frutos no ar

Pois este os orienta à vida!

 

Género: 
 

Embondeiro

O professor é um embondeiro,

Seu tronco é a educação:

Conhecimento rico e verdadeiro

Que fortifica uma Nação.

Género: 
 

Todos

O albino

O branco

O preto

 

O menino

O mano

O neto

 

O idoso

A idosa

Os pais

 

Formam o verso

Da prosa

Género: 
 

Árvore

A árvore rima com a vida,

É o soneto da humanidade.

É o pulmão da Terra,

Coração da eternidade.

 

A árvore é dádiva da Natureza,

Género: 
 

Poesia Verde

A poesia é árvore gigantesca

Com lindas folhas de emoção

E uma seiva pitoresca

Que suaviza qualquer coração.

Género: 
Subscribe to Conteúdo
Top