Sonhos

 

Abismo de Sonhos

Alço o voo frenético da revoada
Género: 
 

O Entregador de Sonhos

 

Género: 
 

Abismo de Sonhos

 
 
Género: 
 

(A) Mar

" Quando irás regressar ao mar, 
bela criatura dos meus sonhos.
Vagueias na minha mente há muito consumida pelo ódio.
Fecho os olhos e vejo-te a ti

Género: 
 

Vendem-se Sonhos

 

Género: 
 

O Cavaleiro Medieval

Havia uma princesa que se sentia muito sozinha. Vivia isolada no meio da floresta, num castelo há muito tempo desabitado.
Género: 
 

Outono de Sonhos

 

Mais um outono de sonhos se desfaz,

 como pétalas pairando no ar.

Género: 
 

Seria tão Simples

 

Género: 
 

Ainda é Primavera

 

 

O dia amanheceu

e eu nem sequer notei.

Passei a noite a divagar

sobre os sonhos meus.

Género: 
 

Iluminação Vindoura

Deixar-te-ei a divagar pelas nuvens esparsas

Para contemplares o Lux da imortalidade

Género: 
Amo-te (em segredo)
 

Amo-te (em segredo)

Só quero deitar-me ao teu lado, 
umas horas, um momento dado, 
em segredo, este ardente desejo,
imagino-o quente, o nosso beijo.

Género: 
Top