Leonardo Holmes

Membro

Fotografia de Leonardo Holmes
Offline
Última vez online: há 3 anos 2 meses atrás
Membro desde: 10/01/2014 - 02:27
Pontos: 62

Género

Data de Nascimento

04-12-89

Cidade

País

Sobre mim

Sou só mais um ser que gosta de poder respirar ,e de manifestar a minha perspetiva de tudo que acho pertinente para alcançar uma sociedade mais optimista, mais intelectual, civilizada e com pensamento dinâmico e construtivo. Deste modo, falar sobre mim torna-se complexo, na medida que sou mais um subordinado que se rege pelo que acho mais pertinente e importante para mim e consequentemente para os outros.

Por conseguinte, acho que só sobrevivo porque existe pessoas, por outro lado também sei que são as pessoas que fazem tudo de incrível neste planeta, pois tem tal ilustre capacidade e como tal cabe cada um dar aso à imaginação e criatividade de maneira a se distinguirem um dos outros, pela forma como se comportam, regem,envolvem no meio de maneira a brilhar na vida.

Para rematar, não existe nenhum ser tão magnânimo como o ser humano, no que diz respeito a conjugar aquilo que é uma das coisas mais importantes na cabeça do ser que é efetivamente a dualidade Bem e Mal.Esta temática acompanha-nos num ritual tão igual ao do medo. Por isso, apelo sempre à coerência, racionalidade, subjectividade empírica, mas o mais importante à perspetiva que construo sadiamente, na minha índole . Ser modesto é ser injusto pois isso não existe, mas conjuga-se muito bem a noção na cabeça dor ser, pois é fundamental acreditarmos em algo.

Se o ser é Racional para quê praticar o mal?

Estatísticas do membro

  • user: Leonardo Holmes
  • Conteúdos: 31
  • Visualizados: 15963
  • Comentários: 0

Conteúdo

 

Donos do Mundo

Donos do mundo

Alguém que se estabelece no meio

Transparece momentos de superioridade

Ditas regras na comunidade no meio

Género: 
 

Irisório

Procurava felicidade rápida

Executava planos do fantástico

Utilizava uma energia muito prática

Não era um grande matemático.

 

Perdoei a minha divida

Género: 
 

Capaz de iluminar

Capaz de iluminar

Quem não se consegue levantar dos tombos que dá vai sempre achar que a vida é má. Quem dos tombos se consegue levantar percebe o que ainda pode dar.

Género: 
 

Em que estas a pensar?

Estou a pensar que a inteligência esta a ser superada pela superficialidade das almas, estou a pensar que dentro de um mundo existe vários mundos, estou a pensar nos outros seres vivos e não vivos que maltratamos, estou a pensar no conhecimento que desperdiçamos por pensar que já sabemos muito, estou a pensar no tempo que nos mata, estou a pensar na ganância sem precedentes, estou a pensar nos cultos religiosos que controlam várias mentes, estou a pensar no dinheiro e no significado que lhe damos, estou a pensar na morte causada por um ser da mesma espécie, estou a pensar nos maus tratos a crianças, adultos e aos antigos, estou na falsidade da relação humana que se estabelece, estou a pensar no controlo iminente que assisto, e que não assisto, nas sociedades existentes, estou a pensar na futilidade de uns e na pobreza de outros, estou a pensar em justiça mesmo não acreditando que seja possível neste palco, estou a pensar em ética e em valores distorcidos, estou a pensar na mudança e no que isso significa...

 Estou a pensar o quanto és poderoso ó face truques, books, lifes, control....

Género: 
 

Mercenário da verdade escravo da razão

Num lugar mais belo que a tristeza da alegria

Com o ritual do eu sem influência da beleza

Ocorre o grito de libertação

Por intermédio de um ser que existe com dedicação

Género: 
 

Confusa Ralidade

E ainda não foi desta vez que consegui livrar-me deste infeliz advérbio que é infelizmente, pois faltou, se calhar, uma atitude do sujeito, mais atenta ao demais predicador denominado por perder, q

Género: 
 

Um ser simpático no mundo?

Um ser simpático no mundo ?

 

Haja mau humor exacerbado

Neste ambiente de crueldade

Cada um se sente focado

Na busca de uma alegria de verdade.

 

Género: 
 

Segue-me e verás as voltas que tu dás.

Segue-me e verás as voltas que tu dás.

 

Somos muitos mas somos poucos…

Género: 
 

Artista perfeita

Artista perfeita.

Dá-me uma razão para me perder em teus belos olhos, feitos de prepósito para seduzir.

Género: 
 

Delinquente racional

Delinquente racional

Abuso num segundo mato-me numa hora

Sou a pura loucura que me devora…

Louco fico esperando que comece a bater

Género: 
 

A visão do infiel

A visão do infiel

 

Crítico os outros sou agente de descriminação

Sou por vezes tão cruel, onde anda meu coração?

Difícil é eu jogar com o que sinto

Género: 
 

Discípulo da vida profeta da paz entre os seres

Estigma este que sinto dentro de mim

Não consigo viver assim

Odeio ter a possibilidade de odiar

Venero o conceito de amar sem estragar.

Género: 
Subscribe to Conteúdo
Top